HOMENAGEM AO C. R. VASCO DA GAMA

O RESGATE E A CONSERVAÇÃO DA MEMÓRIA DE UM GRANDE CLUBE FAZEM DO SEU PASSADO UM EXEMPLO E INCENTIVO PARA NOVAS CONQUISTAS.
ESTE BLOG PRESTA UMA HOMENAGEM AO CLUB DE REGATAS VASCO DA GAMA E A TODOS OS COLECIONADORES QUE GUARDAM COM CARINHO A MEMÓRIA E AS GLÓRIAS DE UM DOS MAIORES CLUBES DE TODOS OS TEMPOS, ATRAVÉS DA DIVULGAÇÃO DE IMAGENS DO ESTÁDIO DE SÃO JANUÁRIO E ACERVO PARTICULAR.
NÃO PERCA, TODA A SEMANA, NOVAS IMAGENS SOBRE COLEÇÕES, ANTIGUIDADES E CURIOSIDADES DO C. R. VASCO DA GAMA.
SEJA UM MEMBRO SEGUIDOR DO MAIOR ACERVO DE COLECIONISMO VASCAÍNO.
O QUE ERA BOM, FICOU AINDA MELHOR.
BEM VINDO, ENTRE... A CASA É SUA!

domingo, 30 de abril de 2017

O valor sportivo do Vasco da Gama

O gremio da Cruz de Malta é o club carioca que entre os seus co-irmãos, apresenta maior contingente de trophéos e medalhas, representando uma avultada somma, que merece ser cuidado com muito carinho.
Em exposição tem o club 135 trophéos, sendo 85 taças, 37 bronzes e 13 outros objectos de bronze, prata, etc.
Tem ainda o club 78 medalhas de ouro, 159 de prata e 188 de bronze.
Todos estes trophéos e medalhas estão avaliados em 121:374$000.

Extraído da revista POLYANTHÉA VASCAÍNA de 1927.
Acervo Almanak do Vasco

CAPRRES - Centro Avançado de Prevenção Reabilitação e Rendimento Esportivo


600 METROS QUADRADOS DE ÁREA CONSTRUÍDA
PARA PROFISSIONAIS DE FISIOLOGIA, PREPARAÇÃO FÍSICA, FISIOTERAPIA E MEDICINA ESPORTIVA



ENTRADA PRINCIPAL


EQUIPAMENTOS DE MUSCULAÇÃO






BANHEIRAS DE HIDROMASSAGEM


PISCINA INTERNA


VISTA DO ANDAR SUPERIOR




CENTRO AVANÇADO DE PREVENÇÃO REABILITAÇÃO E RENDIMENTO ESPORTIVO.
Inaugurado em 22 de julho de 2016.
Administração Presidente: Eurico Miranda.
Vice-Presidente Médico: Egas Manoel B. dos Santos Fonseca.
Vice-Presidente Patrimônio: José Joaquim Cardoso Lima.
Vice-Presidente de Obras de Engenharia: André Luiz Vieira Afonso.
Gerente Científico: Alex Evangelista.
Fotografias Edson Vilar - Abril de 2017.

A Realidade Financeira


A REALIDADE FINANCEIRA - Publicação oficial do Club de Regatas Vasco da Gama da situação financeira, do período de 30 de novembro de 2014 a 5 de dezembro de 2016.
Acervo Almanak do Vasco

quinta-feira, 27 de abril de 2017

O primeiro gol vascaíno

Adão Antonio Brandão, campeão do Rio de Janeiro, do Remo e vencedor de outras grandes provas nauticas e terrestres, que ainda hoje, quando é necessário, defende com galhardia, o pavilhão cruzmaltino foi o jogador que conquistou o primeiro goal para o Vasco da Gama.
Este ponto foi marcado, no primeiro tempo, da partida realizada no campo do Botafogo F. Club, em 3 de maio de 1916, contra o Paladino. Foi este o primeiro match official do Vasco da Gama e em que foi derrotado pelo score de
dez goals a um.

Extraído da revista POLYANTHÉA VASCAÍNA de 1927.
Acervo Almanak do Vasco

Arquivo Fotográfico


Fotografia original de época de arquivo de jornal publicada no ano de 1959.
Acervo Almanak do Vasco

Panorâmicas de São Januário


Imagem panorâmica a partir da lateral do gramado, tendo ao fundo as arquibancadas e camarotes do estádio de São Januário.
Fotografia Edson Vilar - Abril de 2017.

Um Goleador no Banco de Reservas


PAULINHO
UM GOLEADOR NO BANCO DE RESERVAS

Segundo maior artilheiro do país nesta temporada, sua vocação é mesmo
a de ponta de lança.

O repertório de gols do futebol brasileiro anda cada vez mais escasso, pelo defensivismo exagerado nos nossos treinadores, responsáveis pelos maus momentos do esporte, atualmente. E há poucos dias, o futebol ofensivo sofreu mais um golpe; o atacante Paulinho, do Vasco, o segundo maior artilheiro da temporada no país, com 36 gols até o fim de outubro, guardou esse talento raro de fazer gols e sentou-se no banco de reservas à espera de uma outra oportunidade.
Matéria publicada na revista MANCHETE ESPORTIVA Nº 56 de 7 de novembro de 1978.
Acervo Almanak do Vasco

terça-feira, 25 de abril de 2017

Tri-campeão só o Vasco da Gama

O gremio cruzmaltino foi, até hoje, o unico club que conseguiu vencer tres annos consecutivos, em 1912, 1913 e 1914, o "Campeonato de Remadores
do Rio de Janeiro".
Devido a este brilhante feito, a Federação de Remo, fez ao club, entrega de uma miniatura do rico bronze "En avant", bronze este que é guardado com carinho na séde social.

Extraído da revista POLYANTHÉA VASCAÍNA de 1927.
Acervo Almanak do Vasco

Esporte Ilustrado Nº 809 de 1953


Edição da revista Esporte Ilustrado Nº 809 de 8 de outubro de 1953.
Acervo Almanak do Vasco

Vasco 2 x 0 Payssandu (16/2/1992)


Ingresso de arquibancada do jogo realizado entre Vasco x Payssandu  no estádio de São Januário, pelo Campeonato Brasileiro em 16 de fevereiro de 1992.
Acervo Almanak do Vasco

De olho no Lance! - Taça Rio 2017


BOM PARA O VASCO

Na final. Em clássico morno, Cruz-Maltino segura o empate sem gols e elimina o Flamengo da Taça Rio. Rival da decisão sai hoje à tarde.



SEMIFINAIS
Domingo, 9 de abril de 2017
VASCO 0 X 0 FLAMENGO
TEVE TROCO
Vasco e Flamengo fazem jogo morno e empatam. Resultado classifica o 
Cruz-Maltino para a final da Taça Rio.
Acervo Almanak do Vasco

sexta-feira, 21 de abril de 2017

Perspectivas de São Januário


Imagem em perspectiva das cadeiras sociais e arquibancadas cobertas do estádio de São Januário.
Fotografia Edson Vilar - Abril de 2017.

Campeonato carioca

B A S K E T - B A L L

Pela primeira vez, em 1924, o Vasco da Gama, participou neste campeonato instituido ha varios annos pela Liga Metropolitana. A sua estréa no jogo dos norte-americanos, foi a mais auspiciosa possivel, pois, depois de chegar empatado no final do campeonato com o Mangueira e Palmeiras, conseguiu de maneira brilhante conquistar o titulo de campeão do Rio de Janeiro.
Ingressou no anno seguinte na A.M.E.A e classificado na série B obteve boa figura. Em 1926, a sua actuação foi optima, obtendo o segundo posto, depois de derrotar os mais fortes concurrentes.

Extraído da revista POLYANTHÉA VASCAÍNA de 1927.
Acervo Almanak do Vasco

Foi destaque... na Revista do Esporte!


MARACANÃ FICARÁ PRONTO DE VERDADE DENTRO DE UM ANO

Para o Campeonato Carioca a ADEG já apresentará muitas novidades no maior estádio do mundo.

Dispondo de 200 milhões de cruzeiros (verba já liberada), o Sr. Emílio Ibrahim espera apresentar um Maracanã totalmente nôvo dentro do prazo de um ano, no máximo. Segundo informou à R. E. o presidente da ADEG, já no Campeonato Carioca deverão estar construídos os novos fossos para a localização dos técnicos, as bilheterias e vestiários estarão reformados, uma extensa área para o estacionamento de automóveis estará pavimentada e novos sanitários estarão prontos para atender aos espectadores.
Matéria publicada na Revista do Esporte Nº 161 de 7 de abril de 1962.
Acervo Almanak do Vasco

Faixa Campeão 1952


Faixa oficial do Club de Regatas Vasco da Gama, CAMPEÃO CARIOCA DE 1952.
Acervo Almanak do Vasco

O primeiro match ganho

F O O T B A L L 

A primeira victoria que o pavilhão Cruz de Malta, obteve no football, foi contra a equipe da Associação Athletica River-S. Bento, hoje River F. C., no campo do
S. Christovão A. C., em 29 de Outubro de 1916 pelo score de 2 x 1.
O team assim estava constituido: Ary; Guedes e Augusto; Baptista, Lamego e Victorino; Adão, Candido, Bernardino, Oliveira e Costa.
Serviu de juiz o Sr. Horacio Salema e os pontos foram marcados por
Candido e Costa.

Extraído da revista POLYANTHÉA VASCAÍNA de 1927.
Acervo Almanak do Vasco

Romário "Vou Fazer Mil Gols"



"VOU FAZER MIL GOLS"
Ao romper dois anos e meio a barreira dos cem pelo Vasco, o jovem artilheiro passa agora a fazer planos bem mais audaciosos.

O ponta Mauricinho fugiu pela direita e cruzou na medida para a cabeçada certeira daquele jovem centroavante. Ninguém podia imaginar que ali começava uma das mais fulminantes e vitoriosas carreiras de um artilheiro. No acanhado Estádio Zenor Pedroso, num amistoso contra o Nova Venécia, no município capixaba com o mesmo nome, dia 18 de agosto de 1985, Romário marcou seu primeiro gol no time profissional do Vasco.
Reportagem publicada na revista PLACAR Nº 928 de 18 de março de 1988.
Acervo Almanak do Vasco

quarta-feira, 19 de abril de 2017

Arquivo Fotográfico


Na fotografia original de arquivo de jornal, a esquerda, o jogador Belini ao lado de seus companheiros após o treino no gramado de São Januário.
Acervo Almanak do Vasco

A primeira victoria vascaina

SECÇÃO NAUTICA
R O W I N G

Com menos de um anno de existencia, o Vasco da Gama conquistou o seu primeiro triumpho. Esta victoria foi obtida pela baleeira a 6 remos "Voluvel", na regata de 4 de junho de 1899. A guarnição victoriosa era esta:
Patrão, Adriano Vieira; remadores: José Lopes de Freitas, José Cunha, José Pereira Buda de Mello, Joaquim de Oliveira Campos, Antonio Frazão Salgueiros e Carlos José Baptista Rodrigues.

Extraído da revista POLYANTHÉA VASCAÍNA de 1927.
Acervo Almanak do Vasco

Leão, O Novo Rei do Vasco


VEDETE
No primeiro jogo ele já se impôs à admiração da torcida e do time do Vasco.

Tinha que haver uma certa expectativa. Afinal, tratava-se da estréia de uma das maiores vedetes do futebol brasileiro há muitos anos. E a expectativa aumentou porque o Vasco queria que ele estreasse num clássico, claro, mas a tabela dirigida do Campeonato Carioca atrapalhou. Marcou-se a estréia, então para um joguinho contra o São Cristóvão. Por ele o jogo cresceu de importância, foi televisionado para todo o Brasil. Alguém pensa que ele se abalou? Parecia que treinava. Não se deu por achado. Esteve absoluto. Orientou a defesa, impôs-se sempre como a personagem do jogo. Nada como uma vedete para dar molho ao espetáculo.
Matéria publicada na revista MANCHETE ESPORTIVA Nº 52 de 10 de outubro de 1978.
Acervo Almanak do Vasco

terça-feira, 18 de abril de 2017

Panorâmicas de São Januário


Imagem panorâmica do gramado do estádio de São Januário, num fim de tarde com o tempo nublado.
Fotografia Edson Vilar - Abril de 2017.

Primeiro em tudo!...

A proseguirem nos largos passos do C. R. Vasco da Gama, no caminho da Glória e do Progresso, não sabemos onde elle irá parar.
Em tudo que o Club tem tomado parte, tem sido sempre o primeiro e com grande vantagem dos seus co-irmãos.
Não é somente nas receitas de inscripções da Federação do Remo, nas rendas das partidas de football, nas assistencias de competições sportivas, numero de medalhas, taças e etc. e numero de socios que o Vasco  tem batido todos os records.
O stadium  que construiu em São Januario, é uma prova do que acabamos de mencionar.
Será elle o maior e mais confortavel da America do Sul e mesmo da velha Europa.

Extraído da revista POLYANTHÉA VASCAÍNA de 1927.
Acervo Almanak do Vasco

De olho no Lance! - Taça Rio 2017


PELA TAÇA
Boa, Vascão.
Cruz-Maltino se garante nas duas decisões e, na Taça Rio, joga pelo empate contra o Fla. 



6ª RODADA
Segunda-feira, 3 de abril de 2017
NOVA IGUAÇU 0 X 2 VASCO
DUPLAMENTE GARANTIDO!
Vasco não dá chance ao Nova Iguaçu, vence e tem vaga nas duas semifinais; Taça Rio e Estadual - 2007.
Acervo Almanak do Vasco

segunda-feira, 17 de abril de 2017

Vasco 2 x 1 Palmeiras (1/10/1997)


Ingresso de arquibancada do jogo realizado entre Vasco x Palmeiras no estádio de São Januário, pela 1ª fase do Campeonato Brasileiro em 1 de outubro de 1997.
Acervo Almanak do Vasco

A primeira bandeira

O primeiro pavilhão que o Vasco da Gama possuiu foi offerecido em 1898,
pela tripulação da canôa "Zoca".
Este pavilhão era de flanella.
A mesma guarnição offereceu ainda para o club, um mastro
e respectivo escudo.

Extraído da revista POLYANTHÉA VASCAÍNA de 1927.
Acervo Almanak do Vasco

Esporte Ilustrado Nº 801 de 1953


Edição da revista Esporte Ilustrado Nº 801 de 13 de agosto de 1953.
Acervo Almanak do Vasco

sábado, 15 de abril de 2017

As garages

O Vasco da Gama acha-se presentemente installado em duas magnificas garages, uma à rua de Santa Luzia nº 232, com todos os requintes de hygiene e exigencias possiveis; outra, junto ao Calabouço, para o treinamento dos seus "rowers" para as regatas, em consequencia de não poderem fazer na primeira, devido ao aterro do mar com o desmonte do morro do Castello.

Extraído da revista POLYANTHÉA VASCAÍNA de 1927.
Acervo Almanak do Vasco

De olho no Lance! - Taça Rio 2017


5ª RODADA
Sexta-feira, 31 de março de 2017
VASCO 1 X 0 BOAVISTA
NA CONTA DO CHÁ
Após forte chuva, Vasco vence o Boavista em atuação pouco inspirada.
Douglas fez o gol da vitória no 1º tempo.
Acervo Almanak do Vasco

quinta-feira, 13 de abril de 2017

Perspectivas de São Januário


Imagem em perspectiva das cadeiras sociais do estádio de São Januário.
Fotografia Edson Vilar - Fevereiro de 2017.

A séde social

Installada soberbamente á rua de Santa Luzia nº 248, as directorias que vêm se succedendo na gestão do pujante gremio, tem porfiado na manutenção de um constante desenvolvimento.
Á noite, faz gosto ir-se á sua séde: uma grande animação entre os socios, uns tratando de remo, outros de gymnastica e box, outros ainda entregues aos jogos de damas e ping pong, etc., etc., e ao centro, ao redor de uma mesa, associados se entregam ao prazer da leitura dos jornaes e revistas nacionaes e estrangeiros.

Extraído da revista POLYANTHÉA VASCAÍNA de 1927.
Acervo Almanak do Vasco

O Meu Dia de Glória


LELÉ, SEMPRE COM O VASCO NO CORAÇÃO

Todos temeram uma derrota decisiva quando o time teve de lançar um novato para marcar a estrela Di Stéfano naquele jogo inesquecível em Santiago.


Depois de sua temporada no Vasco do Expresso da Vitória, a única grande alegria foi na Ponte Preta, quando o time acabou com o cartaz do Palmeiras "bicho papão"

- Foi em 47. O Vasco da Gama viajou para disputar o Torneio dos Campeões, em Santiago do Chile, e chegou lá totalmente desacreditado, pois, embora tivéssemos um time muito bom, o futebol brasileiro andava meio por baixo naquela época. Pela frente nós teríamos times como Peñarol, o River Plate, o Colo Colo, o Municipal e o Emelec. Os jornais de Santiago apontavam o Vasco como o saco de pancadas do torneio, aquele time que veio apenas para dar dois pontos de graça para todos os outros. O campeão, segundo a imprensa, sairia de um duelo entre River Plate, praticamente a Seleção Argentina, e Colo Colo, equipe da casa. Surpreendemos o Chile e acabamos campeões empatando com o River Plate, na partida final, por 0 x 0. Desse dia eu nunca esquecerei. Foi a maior glória de toda minha carreira.
Matéria publicada na revista MANCHETE ESPORTIVA, Nº 53 de 17 de outubro de 1978.
Acervo Almanak do Vasco

Arquivo Fotográfico


Fotografia original de época do ano de 1960, do treinamento da equipe do Club de Regatas Vasco da Gama no estádio de São Januário.
Acervo Almanak do Vasco

Vasco 3 x 0 América (20/10/1991)


Ingresso de arquibancada do jogo realizado entre Vasco x América no estádio de São Januário, pela Taça Guanabara em 20 de outubro de 1991.
Acervo Almanak do Vasco

Manchete Esportiva Nº 51 de 1978


Revista MANCHETE ESPORTIVA, Nº 51 de 3 de outubro de 1978.
Capa: Leão a nova estrela do Campeonato Carioca.
Acervo Almanak do Vasco

sábado, 8 de abril de 2017

Carta do Depto. de Comunicações


Carta do departamento de comunicações do Club de Regatas Vasco da Gama, da realização na sede náutica da Lagoa, ás 9:00 horas de 4 de março vindouro, da inauguração da galeria dos Campeões de 1934 a 1939 e 1944 a 1955, organizada pela divisão de remo, datada de 21 de fevereiro de 1956.
Acervo Almanak do Vasco

Vasco 4 x 1 Paraná (20/9/1997)


Ingresso de arquibancada do jogo realizado entre Vasco x Paraná no estádio de São Januário, pelo Campeonato Brasileiro em 20 de setembro de 1997.
Acervo Almanak do Vasco

De olho no Lance! - Taça Rio 2017


ESTRAGOU A FESTA

NO MANÉ
Arbitragem confusa comete erro crasso na marcação de um pênalti contra
o Fla no fim e clássico termina empatado em Brasília.



4ª RODADA
Segunda-feira, 27 de março de 2017
FLAMENGO 2 X 2 VASCO
APITO ESTRAGADO!
Pênalti mal marcado no fim evita vitória da Flamengo no clássico contra
o Vasco em Brasília.
Acervo Almanak do Vasco

sexta-feira, 7 de abril de 2017

Revista Pôster Vasco Campeão Carioca 2016


INVICTO
Após campanha irreparável, Vasco leva o merecido bicampeonato carioca.


A COLINA DOS INVICTOS
Jorginho é peça essencial na conquista do Carioca pelo Vasco. Nenê e Riascos se destacam no ataque e Martin Silva na defesa.


Revista pôster do LANCE! o diário dos esportes, do VASCO CAMPEÃO CARIOCA INVICTO DE 2016.
Acervo Almanak do Vasco