HOMENAGEM AO C. R. VASCO DA GAMA

O RESGATE E A CONSERVAÇÃO DA MEMÓRIA DE UM GRANDE CLUBE FAZEM DO SEU PASSADO UM EXEMPLO E INCENTIVO PARA NOVAS CONQUISTAS.
ESTE BLOG PRESTA UMA HOMENAGEM AO CLUB DE REGATAS VASCO DA GAMA E A TODOS OS COLECIONADORES QUE GUARDAM COM CARINHO A MEMÓRIA E AS GLÓRIAS DE UM DOS MAIORES CLUBES DE TODOS OS TEMPOS, ATRAVÉS DA DIVULGAÇÃO DE IMAGENS DO ESTÁDIO DE SÃO JANUÁRIO E ACERVO PARTICULAR.
NÃO PERCA, TODA A SEMANA, NOVAS IMAGENS SOBRE COLEÇÕES, ANTIGUIDADES E CURIOSIDADES DO C. R. VASCO DA GAMA.
SEJA UM MEMBRO SEGUIDOR DO MAIOR ACERVO DE COLECIONISMO VASCAÍNO.
O QUE ERA BOM, FICOU AINDA MELHOR.
BEM VINDO, ENTRE... A CASA É SUA!

sábado, 31 de outubro de 2015

Foi destaque... na Revista do Esporte

ANO II - Nº 122 - 8 DE JULHO DE 1961

VASCO PRECISA DE NOVOS ÍDOLOS

    Querem os cruzmaltinos que São Januário volte a possuir (como nos bons tempos) os maiores cartazes em atividade no futebol brasileiro.

    Houve tempo em que São Januário era um viveiro de ídolos, pois no Vasco da Gama estava concentrado um dos maiores grupos de craques de grande cartaz no futebol brasileiro. Á medida, porêm, que os anos passaram esse punhado de jogadores que atraia a atenção de qualquer torcida foi-se extinguindo. Hoje em dia, como reconhece a própria cúpula da agremiação cruzmaltina, o Vasco necessita de novos ídolos para que o seu quadro volte a atuar cercado daquela vibração de antigamente.
    Numa rápida vista dolhos pelos plantéis que já passaram pelo clube da colina desde 1923 ano em que conquistou o seu primeiro titulo de campeão), verifica-se que muitos foram os grandes ídolos da torcida cruzmaltina que hoje são lembrados com saudade. O zagueiro esquerdo Itália, nos anos do amadorismo, foi um dêles. Russinho, centro-avante dos melhores que já apareceram no futebol guanabarino, foi outro. E a lista poderia ser acrescida com os nomes de Brilhante, Fausto, Pascoal, Rei, Espanhol e Mário Matos, para citar apenas alguns.
    Com o advento do profissionalismo, a seção de futebol do Vasco da Gama engrandeceu-se e muitos foram os ídolos que surgiram em nossos campos envergando a jaqueta cruzmaltina. Houve, mesmo, uma ocasião em que os maiores nomes do futebol brasileiro se encontravam em São Januário, como Barbosa, Augusto, Eli, Danilo, Djalma, Ademir, Chico, Lelé, Isaías e Tesourinha. Eram craques que exerciam extraordinária força de atração não apenas sôbre a torcida vascaína, mas, também, sôbre os aficionados de outros clubes.
    Atualmente, porém, a verdade manda que se diga que a equipe cruzmaltina tem somente um grande ídolo: Belini. O ex-capitão da seleção brasileira é, de fato, o único grande nome da representação do Vasco da Gama. A seguir, poderia ser apontado Pinga. O atacante paulista, entretanto (como êle próprio declarou á R. E.), está no fim da carreira e, sendo assim, não poderá ser comparado a Belini em matéria de popularidade. Outros craques têm os seus apreciadores, como Sabará, Écio e Pacoti. Mas nenhum deles tem a força do grande ídolo.
    A própria alta direção vascaína reconhece que o Vasco da Gama precisa de novos ídolos. De jogadores de grande cartaz para que o quadro da Cruz de Malta volte a desfrutar da invejável popularidade de antigamente.  Porque, embora possuindo uma equipe relativamente boa e integrada por bons valores, como a atual, o clube de São Januário necessita de ídolos para conquistar glórias seguidas nos campos do Brasil e do exterior e, em  consequência, propiciar arrecadação de acôrdo com o prestigio e a tradição do Vasco da Gama.
    Os dirigentes cruzmaltinos comentam com amargura que hoje em dia Botafogo e Santos tomaram o lugar que antes pertencia ao Vasco, que em 1950 forneceu a base para o selecionado brasileiro (Barbosa, Augusto, Eli, Danilo, Friaça, Maneca, Chico, etc.) vice-campeão do mundo. Naquele tempo, as grandes estrêlas do futebol nacional tomavam invariávelmente o destino de São Januário. Mas os vascaínos prometem reagir. Querem brilhar como nos bons tempos, dando novos e famosos ídolos á sua fiel torcida.
    Russinho, Ademir e Barbosa já foram grandes ídolos da torcida vascaína, que vibrava com suas intervenções sensacionais. Belini é na atualidade o maior cartaz da equipe cruzmaltina. Êles querem outros Belinis.
Acervo Almanak do Vasco

Jornal dos Sports - Campeão do Centenário



Edição do Jornal dos Sports, sexta-feira, 15 de maio de 1998.
BANGU 0 X 1 VASCO

    Com um gol do capitão Mauro Galvão no último minuto de jogo o Club de Regatas Vasco da Gama vence o Bangu por 1 x 0 em Moça Bonita e torna-se o Campeão Carioca no ano do Centenário. No final até a bandinha tradicional do Bangu tocou o hino cruzmaltino.
Acervo Almanak do Vasco

sexta-feira, 30 de outubro de 2015

Lance! - Guia do Carioca de 2004





Edição especial da revista Lance!, sobre o Campeonato Carioca de 2004. Em destaque o Club de Regatas Vasco da Gama com as fichas de todos os jogadores e os principais retrospectos do gigante da colina.
Acervo Almanak do Vasco

O Globo - Parabéns, Vasco!


Edição especial do caderno projetos de marketing do jornal O Globo, sexta-feira, 21 de agosto de 1998.
    Comemorativo dos 100 anos de fundação do Club de Regatas Vasco da Gama.
Acervo Almanak do Vasco

quinta-feira, 29 de outubro de 2015

TIMChip do Vascão


Cartão pré-pago da TIM você, sem fronteiras. Guia rápido e termo de adesão ao serviço móvel pessoal pré-pago. TIMChip do Club de Regatas Vasco da Gama.
Acervo Almanak do Vasco

Vasco da Gama - A tua fama assim se fez


Edição especial do caderno esportivo "Ataque" do jornal O Dia, sexta-feira, 21 de agosto de 1998. Comemorativo dos 100 anos de fundação do Club de Regatas Vasco da Gama.
Acervo Almanak do Vasco

quarta-feira, 28 de outubro de 2015

Foi destaque... na Revista do Esporte.

ANO II - Nº 122 - 8 DE JULHO DE 1961

VASCO É MAIS VASCO LÁ FORA

    Longe da política interna do clube, o quadro do Vasco está sendo mais Vasco lá fora, mostrando futebol bom e produtivo, ganhando dos adversários com categoria. E enquanto no Rio borbulha o caldeirão dos mentores vascaínos, Martin Francisco comanda o quadro do Vasco, na Europa, com tino e tranquilidade, com João Silva ao leme. E com isso não é apenas o Vasco que cresce aos olhos do mundo. É acima de tudo o futebol do Brasil.
    Este é o quadro base que está atuando na Europa. Da esquerda para a direita: Miguel, Paulinho, Belini, Êcio, Barbosinha, Edílson, Sabará, Saulzinho, Pacoti, Roberto e Pinga. (Barbosinha e Pinga de curativo na cabeça).
Acervo Almanak do Vasco

JB - 100 ANOS


Edição especial do Jornal do Brasil, sexta-feira, 21 de agosto de 1998.
    Caderno comemorativo dos 100 anos de fundação do Club de Regatas Vasco da Gama.
Acervo Almanak do Vasco

terça-feira, 27 de outubro de 2015

Lusitania - Nº 21 de 1 de dezembro de 1929


LUSITANIA - Nº 21 - REVISTA ILLUSTRADA
ANNO I - RIO DE JANEIRO, 1 DE DEZEMBRO DE 1929.

Revista Ilustrada de approximação Luso-Brasileira e de propaganda de Portugal. Pela Grandeza da Pátria - Pela Eternidade da Raça.


O CLUB DE REGATAS VASCO DA GAMA, 
CAMPEÃO DE MAR E TERRA.

    Após porfiada luta entre as aguerridas equipes do C. R. Vasco da Gama e America F. C., para, na melhor das tres desempatarem o campeonato carioca, saiu afinal vencedor, pela elevada contagem de 5 x 0, a valente "eleven" cruzmaltina. Nossas gravuras apresentam alguns aspectos do grande prelio de domingo último, no stadio do Fluminense. (1 e 2) Duas bellas phases do jogo. (3) O famoso triangulo vascaíno, Jaguaré, Italia e Brilhante. (4) O grande guardião cruzmaltino, numa das suas estupendas "pegadas". (5) A esquadra do Vasco da Gama, que venceu galhardamente. (6) Aspecto da bancada dos sócios. 
(7) A equipe americana.
Acervo Almanak do Vasco

Extra - 100 anos de glórias.


Suplemento especial do jornal Extra do Rio de Janeiro, sexta-feira,  21 de agosto de 1998 sobre os 100 anos de glórias do Club de Regatas Vasco da Gama.
Acervo Almanak do Vasco

Golaço do Vascão



Jogo 594 da Raspadinha do Rio da Loterj. Modalidade instantânea, com curiosidades sobre o Club de Regatas Vasco da Gama.
Acervo Almanak do Vasco

domingo, 25 de outubro de 2015

Fluminense 0 x 0 Vasco (27/5/1984)


Ingresso para geral do jogo entre Fluminense x Vasco realizado no estádio do Maracanã no dia 27 de maio de 1984, pela final do Campeonato Brasileiro de Futebol.
Acervo Almanak do Vasco

sábado, 24 de outubro de 2015

Taça Guanabara de 2003


Revista poster "Futebol" do Club de Regatas Vasco da Gama Campeão da Taça Guanabara de 2003.
Acervo Almanak do Vasco

100 Anos de Conquistas


Fita cassete do Club de Regatas Vasco da Gama, campeão da libertadores de 1998. Comemorativo dos 100 anos de conquistas. Oferecimento Ataque, caderno esportivo do jornal O DIA.
Acervo Almanak do Vasco

sexta-feira, 23 de outubro de 2015

Taça Jules Rimet de 1970


Miniatura em alumínio dourado com base em plástico representativo da Taça Jules Rimet, da conquista do TRI Campeonato Mundial de Futebol em 1970 pela seleção brasileira no México.
Acervo Almanak do Vasco

O Brasil na Copa do Mundo



O Brasil na Copa do Mundo uma oferta do seu revendedor Esso, editado em 1966 no formato 12,5 x 18,0 com 84 páginas.
Acervo Almanak do Vasco

100 Anos de Sucesso


Fita cassete dos 100 anos de fundação do Club de Regatas Vasco da Gama. Lançado pelo jornal O Globo.
Acervo Almanak do Vasco

quinta-feira, 22 de outubro de 2015

Gigante da Colina


Vista parcial da entrada interna da loja de material esportivo Gigante da Colina, localizada ao lado do centro de memória do Club de Regatas Vasco da Gama.
Ao fundo a torre de saltos ornamentais e as arquibancadas do parque aquático do estádio de São Januário.
Fotografia Edson Vilar

Vasco 2 x 1 Fluminense (15/11/1984)


Ingresso de arquibancada do jogo entre Vasco x Fluminense realizado no estádio do Maracanã pelo 2º turno do Campeonato Carioca de Futebol em
15 de novembro de 1984.
Acervo Almanak do Vasco

quarta-feira, 21 de outubro de 2015

Tri Campeão Brasileiro


Fita cassete do Club de Regatas Vasco da Gama - Tri Campeão Brasileiro, com os melhores gols do Campeonato de 1997. Distribuído junto com o jornal O Globo.
Acervo Almanak do Vasco

As 100 maiores Fotos da História do Vasco




Edição de colecionador da Placar, com as 100 maiores fotos da história do Club de Regatas Vasco da Gama. Editora Abril, formato 20,5 x 26,5 cm com 100 páginas.
Acervo Almanak do Vasco

terça-feira, 20 de outubro de 2015

Flávio Costa e Heleno de Freitas


Flávio Costa, numa "conversa" com Heleno de Freitas. Fotografia original publicada no "O Jornal" no dia 14 de maio de 1951.
Acervo Almanak do Vasco

Grandes Clubes Brasileiros


Revista Grandes Clubes Brasileiros editado pela Rio Gráfica Editora em 1971, tendo em seu primeiro número o Club de Regatas Vasco da Gama.
Formato 20,5 x 27,0 cm e contendo 84 páginas.

 FUNDAÇÃO

 OS 13 TÍTULOS

 CAMPANHA DE 70

 PELÉ E O VASCO

 ATLETISMO

TORNEIO DOS CAMPEÕES
Um Capítulo a Parte
Acervo Almanak do Vasco

segunda-feira, 19 de outubro de 2015

100 Anos - Campeonato Carioca 1906/2006


Edição histórica da revista comemorativa dos 75 anos do Jornal dos Sports, sobre os 100 anos do Campeonato Carioca 1906-2006. 

 VASCO FECHA OS ANOS 20

VASCO FEZ A FESTA EM 1970 E 1977
Acervo Almanak do Vasco

O Tico Tico



Exemplar da revista O Tico Tico de número 2038 de setembro de 1955, onde foi publicada na seção "A Página do Torcedor" a ilustração de Luíz Sá em homenagem ao Club de Regatas Vasco da Gama.
Acervo Almanak do Vasco

Taça Guanabara de 1998


Fita cassete da conquista da Taça Guanabara de 1998 pela equipe do Club de Regatas Vasco da Gama. Distribuído junto com o jornal O Globo.
Acervo Almanak do Vasco

domingo, 18 de outubro de 2015

Envelope e Cartão


Envelope e cartão de felicitações do gabinete da presidência do Club de Regatas Vasco da Gama datado de 19 de dezembro de 1971.
Acervo Almanak do Vasco

Revista do Vasco


REVISTA DO VASCO
Edição especial do Club de Regatas Vasco da Gama.
Formato 20,5 x 27,5 com 52 páginas.
A revista traz diversas matérias dedicadas a uma das mais belas histórias do esporte mundial.

 O FUTEBOL CHEGA A COLINA

 UM GIGANTE CONTRA O PRECONCEITO

 UMA ESTRUTURA DE DAR INVEJA

 NO TOPO DA AMÉRICA

A VIRADA DO SÉCULO
Acervo Almanak do Vasco